top of page

Explorando Luz e Sombra na Astrologia



Oi pessoal! Estou aqui para compartilhar com vocês hoje um tema fascinante: Luz e Sombra na Astrologia.


Vocês lembram da Dona Emy, aquela mencionada no texto anterior? Ela é a mestra da minha própria mestra, Claudia Lisboa. Um dia, Dona Emy ganhou de presente de uma aluna um quadro que reunia todas as qualidades de cada signo do zodíaco. Ao olhar para ele, ela fez uma descoberta reveladora: tudo aquilo que costumava ser considerado um "defeito" em um determinado signo, na verdade, representava a ausência das qualidades do seu signo oposto e complementar.


Deixa eu explicar melhor. Se eu tenho o Sol em um determinado signo, a energia do signo oposto e complementar está na sombra. Mas é importante entender que essa sombra não é algo negativo, mas sim uma parte que não está tão acessível, algo que precisa ser explorado, descoberto e compreendido.


A verdade é que temos muito a aprender com a energia oposta e complementar à nossa. Por exemplo, eu tenho o Sol em Sagitário, o que significa que minha sombra está em Gêmeos.


Sagitário é uma energia que enfatiza o foco, determinação e expansão dos horizontes. Porém, um excesso dessa energia pode levar a uma visão limitada, como se estivéssemos usando os antolhos do cavalo, que foca apenas em sua meta podendo perder algumas oportunidades interessantes ao longo do caminho.


Por outro lado, Gêmeos representa a flexibilidade, adaptabilidade e curiosidade. Mas um excesso dessa energia pode resultar em dispersão e dificuldade de concluir as coisas.


Portanto, tanto Sagitário quanto Gêmeos têm muito a aprender um com o outro. Sagitário pode aprender a ser mais flexível e adaptável, enquanto Gêmeos pode aprender a focar e concluir projetos. É interessante que algumas das minhas melhores amigas são geminianas.


É essencial desenvolvermos ambas as energias presentes em nosso Mapa Astral, afinal, todos nós possuímos todos os signos. Como Dona Emy costumava dizer: "Desenvolvemos a vida e os relacionamentos através do perfeito aperfeiçoamento."


Ainda sobre as histórias de Dona Emy, lembro-me de uma experiência pessoal durante um jantar em família, em que seu filho observou o quadro da Santa Ceia na sala e disse: "Mãe, aqui está tudo o que você me ensinou." Foi nesse momento que Dona Emy sentiu como se uma venda caísse dos seus olhos e ela agora pudesse enxergar a profundidade do conhecimento astrológico representado na obra de Da Vinci, entendendo ainda mais sobre Luz e Sombra na Astrologia.


Que tal fazer o mesmo exercício? Olhar para essa obra de arte explorando as nuances entre Luz e Sombra. Experimente e depois me conte como foi!


Um beijo, e até!

Kim Bins

whatsapp-icone.png
bottom of page