top of page

MODALIDADES: Signos Fixos


Aqui estamos para falar da segunda modalidade: os Signos Fixos. Mas antes vamos apenas recapitular o que são as Modalidades.

As Modalidades representam o ritmo de cada signo, o movimento que aquela energia faz. Se ela tem uma energia de iniciar, de manter ou de lidar com uma transição e finalizar algum ciclo. Cada Modalidade, reúne um signo de cada Elemento. Ao mesmo tempo, cada Elemento vai ter um signo de cada Modalidade.


Agora, vamos lá!

Os Fixos são os signos subsequentes ao início das estações, representando o meio da estação, na qual a estação se estabiliza e não deixa dúvidas da sua presença. Sua função é extrair o máximo possível das potencialidades que foram geradas pelos signos cardinais e, ao mesmo tempo, perpetuá-las. Eles representam a plenitude, na qual os ciclos atingem o máximo do vigor e do seu desenvolvimento.


Essa modalidade tem como principal característica a insistência. Seu papel na sociedade é o de fazer a manutenção do que foi criado. São signos de sustentação, funcionam como alicerces e dão consistência à construção do que somos. Os signos fixos simbolizam estabilidade e segurança: são obstinados em ter tudo sob controle. São eles: Leão (Elemento Fogo); Touro (Elemento Terra); Aquário (Elemento Ar) e Escorpião (Elemento Água).


Leão é o Fixo de Fogo, que faz a manutenção do nosso próprio modo de ser e de existir no mundo, aqui falamos de firmeza nas atitudes.


Touro é o Fixo da Terra, que faz a manutenção da realização no mundo e da geração de recursos, tem determinação ao realizar as tarefas.


Aquário é o Fixo de Ar, que faz a manutenção das relações sociais e das ideias. Como uma energia visionária, ele tem a visão de futuro. Mas para que uma ideia se torne revolucionária, ela precisa se realizar no mundo. Aquário faz a manuteção da ideia, até que ela se concretize. Suas ideias são consistentes e firmes.


Escorpião é o Fixo de Água, que faz a manutenção do que de mais profundo existe em nós, a nossa subjetividade, além de exercer o controle emocional. Também está conectado com a única certeza que todos temos: a finitude da nossa existência.


Ao pensar na configuração energética do nosso Mapa Natal, podemos ter uma modalidade equilibrada, em excesso ou em falta.


Quando temos um excesso da energia Fixa, podemos ficar muito controladores e querer que as coisas aconteçam exatamente da forma como planejamos e isso nem sempre irá acontecer. É nosso papel aprender a nos flexibilizar e fluir um pouco melhor naquilo que não está nas nossas mãos. O grande aprendizado é que não temos controle sobre tudo, ou melhor, sobre quase nada. Inclusive, sinto que a “Oração da Serenidade” tem muito a nos ensinar sobre isso. Ela diz assim:


“Que Deus me dê serenidade para aceitar as coisas que eu não posso mudar, Coragem para mudar as que eu posso e sabedoria para distinguir entre elas.”


Agora, quando temos uma falta dessa energia, podemos ser aquela pessoa que inicia muitos projetos e acaba se dispersando com novas ideias. Em meio a tantas possibilidades, podemos não saber priorizar e deixar de realizar nosso objetivo. Sendo assim, precisamos aprender a focar e concentrar energia para concretizar o que é importante para nós.


A energia da manutenção é primordial para trazer segurança ao nosso dia a dia, bem como essencial para que possamos concretizar nossos objetivos, importante é encontrar um caminho do meio: nem tão fixo que se torne rígido ou controlador demais, nem tão fluído que se perca nos devaneios e não concretize as ideias.


Gostou de conhecer mais sobre essa Modalidade?

Você percebe que tem excesso, equilíbrio ou escassez dela?

Me conta nos comentários! Vou adorar ler e trocar mais com você.


Um beijo, e até!

Kim Bins


Comments


whatsapp-icone.png
bottom of page