top of page

Opostos e Complementares - Terra e Água


Fechando o assunto que iniciamos no último post, hoje eu trago os outros dois elementos opostos e complementares: Terra e Água.


Para isso, vamos recapitular…

Quando falamos sobre as polaridades, Terra e Água compõem a polaridade Yin. Esta polaridade diz respeito a uma energia feminina, receptiva, introspectiva, que está em contato com o inconsciente, com a interioridade, com os pensamentos e os sentimentos.


Ao mesmo tempo, esses elementos possuem energias opostas e complementares. Isto é, quando temos excesso de um elemento, precisamos trabalhar com o conceito de luz e sombra, buscando uma pitadinha do elemento oposto e complementar para equilibrar aquelas energias e promover o desenvolvimento da nossa personalidade.


Então, pensando em Terra e Água, a Terra é esse elemento prático, objetivo, pragmático, o qual o excesso traz uma experiência de vida muito baseada nos 5 sentidos, naquilo que pode ser visto, provado, comprovado e aplicado. Isso pode tornar a vida um pouco dura demais.


Nestes casos, é importante conseguir acessar o mundo da fantasia e da sensibilidade, aprendendo a sonhar com possibilidades diferentes da realidade presente. Ou seja, acreditar que existe algo para além da materialidade, trazer um sentido, uma intuição, uma inspiração para a vida objetiva. E é a água que vai trazer este olhar.


Inclusive, quando pensamos nestes elementos na natureza, a Água é fluida, não tem forma própria e sempre encontra um caminho para seguir o seu destino em direção ao mar. A Água nutre a Terra e a torna fértil. Já a Terra é o leito do rio, que dá contorno para a Água, colocando limites, bordas, canalizando e modelando a sua fluidez.


Quando temos excesso de Água podemos nos tornar uma pessoa muito sensível, uma “esponja”, que absorve as energias, as nuances dos ambientes ao seu redor. Este excesso de água também pode se manifestar numa dificuldade de lidar com o próprio corpo, de lidar com a realidade das coisas, muitas vezes por ficar sonhando com algo que não está no aqui e agora. Um exemplo que posso citar são clientes minhas que já confidenciaram que seus pensamentos são tão reais que acabam não sentindo vontade de “voltar” pra realidade do aqui e agora.


Este mundo dos sonhos é muito importante, é ele que nos motiva a seguir em frente e que nos dá esperança. No entanto, é fundamental recordar que a vida acontece no momento presente e é neste presente que iremos concretizar os nossos sonhos.


E para dar um exemplo de luz e sombra, de quanto a Água tem a aprender com a Terra e vice-versa, podemos pensar no eixo Câncer e Capricórnio.


O signo de Câncer representa a sensibilidade, a intuição, os afetos, o vínculo, o acolhimento, as relações íntimas, a relação com a família, o senso de pertencimento, a busca por proteção e segurança emocional.


Do outro lado, temos o signo de Capricórnio que representa a realidade, lidar com a responsabilidade, a maturidade, o trabalho, a disciplina, a realização no mundo, as ambições, a organização, o planejamento, a estruturação, a praticidade, a objetividade, a realização e segurança material.


Nesse eixo podemos perceber a dicotomia intimidade e trabalho, a vida pessoal e o lar que é oposta e complementar a vida lá fora, no trabalho. Uma energia mais sensível e afetiva e outra energia mais pragmática e objetiva. Câncer precisa aprender com Capricórnio a lidar com a realidade; Capricórnio precisa aprender com Câncer e ouvir a sua intuição e escutar seu coração. É assim que juntamos estes dois elementos, os sonhos e intuição da Água com a disciplina e organização da Terra.É essencial que possamos promover este equilíbrio para que a nossa jornada pela vida seja mais harmônica e feliz.


Gostou de saber um pouco mais sobre esses dois elementos Opostos e Complementares?

Conta pra mim, eu vou adorar saber!


Com amor,

Kim Bins


Comentarios


whatsapp-icone.png
bottom of page